Revista Brasileira de Cardiologia Invasiva Revista Brasileira de Cardiologia Invasiva
Rev Bras Cardiol Invasiva 2016;24:30-4 - Vol. 24 Núm.1 DOI: 10.1016/j.rbci.2017.08.005
Artigo Original
Transição entre ticagrelor e duas diferentes doses de clopidogrel na alta hospitalar de pacientes submetidos à intervenção coronária percutânea na vigência de síndrome coronariana aguda
Transition between ticagrelor and two different doses of clopidogrel at hospital discharge in patients with acute coronary syndrome submitted to percutaneous coronary intervention
Pedro Beraldo de Andradea,, , Fábio Salerno Rinaldia, Igor Ribeiro de Castro Bienertb, Robson Alves Barbosaa, Roberto Cestari Cardosoa, Marcos Henriques Bergonsoa, Leonardo Marostica Alves Silvab, Ederlon Ferreira Nogueirac, André Labruniec, Sérgio Kreimerd, Vinícius Cardozo Estevesd, Marden André Tebetd, Luiz Alberto Piva e Mattosd
a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Marília, Marília, SP, Brasil
b Hospital das Clínicas, Faculdade de Medicina de Marília, Marília, SP, Brasil
c Hospital do Coração de Londrina, Londrina, PR, Brasil
d Rede D’Or São Luiz, São Paulo, SP, Brasil
Recebido 06 Janeiro 2016, Aceitaram 15 Fevereiro 2016
RESUMO
Introdução

A transição do ticagrelor para o clopidogrel não está fundamentada em estudos farmacodinâmicos ou clínicos, mas é uma prática comum. O objetivo do presente estudo foi testar, de forma exploratória, em pacientes com diagnóstico de síndrome coronariana aguda submetidos à intervenção coronariana percutânea, inicialmente tratados com ticagrelor, a transição para duas diferentes doses de clopidogrel no momento da alta hospitalar.

Métodos

Pacientes previamente tratados com ticagrelor foram randomizados para receber uma dose de ataque de 300mg de clopidogrel no momento da alta hospitalar, ou 75mg, omitindo‐se a dose de ataque. O objetivo primário foi a incidência de eventos adversos cardiovasculares ou sangramento aos 30 dias.

Resultados

Dentre 348 pacientes selecionados, 132 foram incluídos e completaram o estudo. A incidência de eventos isquêmicos e hemorrágicos aos 30 dias foi similar entre os grupos, traduzindo‐se em uma taxa de eventos cardíacos e cerebrovasculares de 6,1% vs. 9,1% (RR: 0,787; IC 95%: 0,361‐1,715; p = 0,74).

Conclusões

A transição para clopidogrel com a dose de 75mg no momento da alta, omitindo‐se uma dose de ataque, aparenta ser uma estratégia possível. Estudos com maior poder estatístico são necessários para confirmar estes achados.

ABSTRACT
Background

The transition from ticagrelor to clopidogrel is not based on pharmacodynamic or clinical studies, but it is a common practice. The aim of the present study was to test, in an exploratory way, the transition to two different doses of clopidogrel at the time of hospital discharge in patients diagnosed with acute coronary syndrome submitted to percutaneous coronary intervention who were initially treated with ticagrelor.

Methods

Patients previously treated with ticagrelor were randomized to receive a loading dose of 300mg clopidogrel at hospital discharge, or 75mg without the loading dose. The primary endpoint was the incidence of cardiovascular adverse events or bleeding at 30 days.

Results

Of 348 selected patients, 132 were enrolled and completed the study. The incidence of ischemic and hemorrhagic events at 30 days was similar between the groups, resulting in a rate of cardiac and cerebrovascular events of 6.1% vs. 9.1% (RR: 0.787; 95% CI: 0.361‐1.715; p = 0.74).

Conclusions

The transition to clopidogrel with a dose of 75mg at discharge, without a loading dose, appears to be a possible strategy. Studies with greater statistical power are needed to confirm these findings.

Palavras‐chave
Síndrome coronariana aguda, Angioplastia, Inibidores da agregação de plaquetas
Keywords
Acute coronary syndrome, Angioplasty, Platelet aggregation inhibitors
Rev Bras Cardiol Invasiva 2016;24:30-4 - Vol. 24 Núm.1 DOI: 10.1016/j.rbci.2017.08.005
Política de cookies
x
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aquí.